Sobre

Credenciamentos | Instrução | Cursos Realizados | Atuação

hugo_peril_0Agente de Polícia Federal/Especial (IN) e Instrutor de Armamento e Tiro do Departamento de Polícia Federal

Diretor do Departamento de Tiro da Associação dos Servidores da Polícia Federal no Estado do Rio de Janeiro/ANSEF/RJ.

Profissional com 37 anos de experiência real no Departamento de Polícia Federal, nas atividades de segurança pública e mais especificamente em operações e atividades especiais, como operações aéreas e outras.

Coordenador de Operações Especiais na Coordenadoria Geral de Operações Aéreas CGOA/RJ durante 5 anos num total de 13 anos de serviços prestados a CGOA e ao Serviço de Recursos Especiais, atual CORE da Polícia Civil do Rio de Janeiro.

 

Formação profissional nacional e internacional, grande e longa experiência em segurança de dignitários no Departamento de Polícia Federal. Primeiro escalão como reis, rainhas, presidentes e primeiros ministros e muitos outros chefes e representantes de estado de vários países. Todos em missões oficiais do governo federal. Trabalhando por diversas vezes em parceria com os maiores órgãos de segurança do mundo como: FBI, US Secret Service, Diplomatic Security Service do Departamento de Estado/USA, Departamento de Imigração / USA, Drug Enforcement Administration – DEA/USA, Suret “Polícia Secreta da França, Mossad (Serviço Secreto de Israel), Scotland Yard (Polícia Inglesa), Polícia de Segurança Pública(Portugal), Polícia Anti-Mafia (Carabiniéri-Itália), Polícia Montada do Canadá; Exército da Líbia, Exército da Nicarágua, Exército de Cuba, Serviço de Polícia da Suécia, Polícia da Ilha de Malta e outros.

Principais Lotações na Polícia Federal

– Divisão de Polícia Federal em Uruguaiana / RS, trabalhou na fronteira no combate ao Tráfico Internacional de Drogas, de Armas e Contrabando.

– Superintendência Regional do Departamento de Polícia Federal / RJ

– Delegacia de Ordem Política e Social – DOPS

– Seção de Polícia Judiciária – Setor de Capturas (Mandados de Prisão)/DOPS

– Seção de Operações/DOPS

– Seção de Segurança Dignitária – SSD/DOPS

– Delegacia de Repressão a Entorpecentes/DRE

– Seção de Operações/DRE

– Serviço de Planejamento Operacional/ SPO

– Delegacia de Dia

– Serviço de Polícia Marítima Aérea e de Fronteiras/SPMAF

– Seção de Operações/SPMAF

– Núcleo de Operações e Informações –  NOI/ Gabinete do Titular  do SPMAF/RJ – INTERPOL

Lotações na Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro

– Gabinete do Secretario de Polícia Civil, Dr Helio Sabóia

– Coordenadoria Geral de Operações Aéreas – CGOA

– Serviço de Recursos Especiais

Credenciado por:

– SENARM/Serviço Nacional de Armas//Departamento de Polícia Federal,

– Delegacia de Controle de Segurança Privada – DELESP/Departamento de Polícia Federal,

– Serviço de Fiscalização de Produtos Controlados/SFPC – CR nº 24855/Exército Brasileiro

– Confederação Brasileira de Tiro Defensivo/CBTD

Instrutor:

– Formador de Formadores da Polícia Federal pela Secretaria Nacional de Segurança Pública/SENASP/MJ,

– Instrutor de Armas Não Letais 1 e 2,

– Direção Defensiva e Evasiva – credenciado pela Delegacia de Controle de Segurança Privada-DELESP/DPF;

– Gestão de Multidões e Situações de Emergência em Grandes Eventos. Grandes Eventos (PVRGE), Controle de Acesso (CA), Gerenciamento de Públicos (GP), , Gestão de Multidões e Manutenção de Ambiente Seguro (GM&MASHC) e Resoluções de Situação de Emergências (SRE) credenciado pela Delegacia de Controle de Segurança Privada-DELESP/DPF;

– Tiro em Ambiente Confinado, CQB – Close Quarter Battle Instructor *,

– Desenvolvimento em Casa de Tiro – Shoothouse Instructor Development *;

* Pela Fort Lauderdale Tactical Firearms Academy/Florida/USA;

– Instrutor de Tiro da Confederação Brasileiro de Tiro Defensivo;

– Safety Officer da modalidade IDPA – International Defensive Pistol Association (Tiro Defensivo/USA);

– International Association of Law Enforcement Firearms Instructors/IALEFI – Associação Internacional dos Instrutores de Tiro Policial;

– Association Defensive Shooting Instructor/ADSI (Associação dos Instrutores deTiro Defensivo/USA);

– Defensive Shooting Officer da modalidade IDSC – Internatioonal Defensive Shooting Confederation. (Tiro Defensivo/USA);

– Instrutor de Armamento e Tiro do DPF, credenciado pelo Departamento de Polícia Federal e Exército Brasileiro – SFPC/1 Rio de Janeiro – RJ.

CURSOS:

– Defensive Shooting Oficer – Realizado pela Confederaçaõ Brasileira de Tiro Defensivo;

– Tactical Firearms – Ministrado pelo Instrutor Zero;

– Especialização em Operações Aeropoliciais e Salvamento – CGOA;

– SWAT Operations – US Police Instructors Team / USA;

– VIP Protection – US Police Instructors Team / USA;

– Curso de Formação de Agente de Segurança Pessoal de Autoridades, realizado na Academia de Polícia do RJ;

– Estágio Especial de Operações de Segurança – 1º Batalhão de Forças Especiais da Brigada de Infantaria Pára-Quedista do Exército Brasileiro;

– Estágio de Especialização em Operações Aeropoliciais/CGOA/SSP;

– Tactical Firearms During Protective Operations, “Táticas de Armas de Fogo Durante Operações de Proteção”, realizado pela Fort Lauderdale Tactical Firearms Academy, na Academia de Polícia Civil do RJ;

– Tactical Entry / Room Clearing / Hostage Rescue. “Entrada Tática / Limpeza de Ambiente / Resgate de Reféns”, realizado pela Fort Lauderdale Tactical Firearms Academy, na Academia de Polícia Civil do RJ;

– DYNAMIC ENTRY / Entrada Dinamica., realizado pela United States Police Instructor Teams (U.S.PIT), na Academía de Polícia do RJ;

– Tiro Sniper Militar e Policial, ministrado pela Gun Sight Técnicas & Táticas-Clínicas de Tiro, realizado no Centro de Instrução Gericinó do Exército Brasileiro, em janeiro. Autorizado e reconhecido pelo Exército Brasileiro pela Portaria nº 096 EME 1ª SCh, de 29 de agosto de 2001 – Código R4C – Estágio de Tiro Sniper Militar. Publicação no Boletim do Exército 36, de 06 de setembro de 2001;

– Taser M26/X26 (Arma condutora de energia), ministrado pela Taser International, realizado na Academia de Polícia do RJ;

– Firearm Safety Course realizedo na The Florida Concealed Weapons License / Hollywood FL-USA;

– Tiro Defensivo IDPA realizado pela International Defensive Pistol Association;

– IDPA Safety Officer realizado pela International Defensive Pistol Association.

Atuação como instrutor e coordenador de cursos:

– Participou como instrutor do “Estágio de Especialização em Operações Aeropoliciais”, para Policiais Civis do Estado do Paraná e Rio de Janeiro, em 1976/CGOA/GO/RJ.

– Participou como instrutor do “Estágio de Especialização em Operações Aeropoliciais”, para Policiais Federais, Policiais Civis e Policiais Militares do Distrito Federal e do Rio de Janeiro – CGOA/GO/RJ, em 1976.

– Participou como coordenador e instrutor do “Curso de Operações Aéreas”, para Policiais Federais, Policiais Civis e Policiais Militares do Distrito Federal, Rio Grande do Sul – São Paulo, Maranhão e Rio de Janeiro, em 1998 – CGOA/GO/RJ.

– Participou como coordenador e instrutor do “1º Curso de Resgate em Operações Aeromédicas Helitransportadas”, para militares da Marinha do Brasil – Hospital Naval Marcílio Dias e Batalhão Toneleiros do Corpo de Fuzileiros Navais, realizado na CGOA em novembro de 1998.

– Participou como instrutor do “Estágio de Adaptação e Operações Aéreas”, para Policiais Militares e Bombeiros do Rio de Janeiro CGOAA/GO/RJ, em novembro de 1998.

– Participou como Instrutor de “Operações Helitransportadas”, do 6º Curso de Operações Especiais – Categoria “C” , “COEsp 2001” do Batalhão de Operações Policiais Especiais “BOPE” da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro/2001.

– Participou como Instrutor de “Operações Helitransportadas”, do X Curso de Ações Táticas-CAT/2001 do Batalhão de Operações Policiais Especiais “BOPE” da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro/2001.

– Participou como Coordenador e Instrutor do “Curso de Salvamento em Altura”, ministrado para bombeiros, policiais civis e militares da Secretaria de Segurança Pública do estado de São Paulo, cidade de Campinas/2002.

– Participou como Instrutor do XI Curso de Ações Táticas – CAT –2002/I do Batalhão de Operações Policiais Especiais – BOPE da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro/2002.

– Participou como Instrutor do 1º Curso de Ações Táticas para Oficiais e Sargentos (CAT OF S 2002/I) do Batalhão de Operações Policiais Especiais BOPE – da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro/2002.

– Participou como Instrutor do 12º Curso de Ações Táticas para Cabos e Soldados (CAT 2002/II) do Batalhão de Operações Policiais Especiais BOPE – da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro/2002.

– Professor da matéria de “Operações Aeropoliciais”, do Projeto Delegacia Legal, da Secretaria de Estado de Segurança Pública e do NUSEG, Núcleo Superior de Estudos Governamentais do Governo do Estado do Rio de Janeiro.

– Participou como Coordenador do “Estagio Avançado de Operações Aéreas2002-1”, ministrado para Policiais Civis e Policiais Federais, ministrado na CGOA em outubro e novembro de 2002.

– Participou como Monitor do 2º curso SWAT Basic, realizado pela Superintendência Regional do Departamento de Polícia Federal/RJ, ministrado por instrutor da Fort Lauderdale Tactical Firearms Academy, na Academia de Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro/2003.

– Participou como Monitor do 3º curso SWAT Basic, realizado pela Superintendência Regional do Departamento de Polícia Federal/RJ, ministrado por instrutor da Fort Lauderdale Tactical Firearms Academy, na Academia de Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro/2003.

– Participou como Coordenador e Monitor do 1º e 2º curso SWAT Operations da United States Police Instructor Teams realizado na Academía de Polícia Silvio Terra (Acadepol) em novembro e dezembro de 2004.

– Participou como Palestrante do Curso de Ações Táticas da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro/2008.

– Participou como Instrutor convidado do Curso de Progressão de Área de Risco (CPAR) da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro/2008.

– Participou como Instrutor convidado do Curso de Rapel Policial da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro/2008.